Páginas

Postagens populares

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Bacalhau de Natal Cozido com Batatas e Hortaliça

Bacalhau típico de Natal, é às postas, com batatas, cebolas e couve tudo cozido na mesma água. É servido com um molho feito com cebola às rodelas só estaladas (cozidas) no azeite. é evidente que em cada casa tem suas variaçoes, por exemplo na minha também se coloca cenoura, nabo e ovo cozido. Se serve com muito alho cru só esmagado no azeite.
Se sintam em casa de portugues...ora pois....

Ingredientes:
bacalhau grosso ........... 5 postas
batatas ........... 1.50 kg
couves galegas ............ 5 und.
azeite ........... 2.50 dl
cebolas médias ........... 6 und.
sal, pimenta ........... q.b. ( que baste ) ehehehehhe

Como fazer:
1. Descasque as batatas e as cebolas. Escolha, corte e lave bem a hortaliça.
2. Coloque numa panela grande com água 3 cebolas e umas pitadas (1 colher de café) de pimenta branca, e leve ao lume. Quando a água levantar fervura deite a hortaliça. A meio da fervura junte as batatas partidas ao meio. Quando vir que batatas e hortaliça estão a rondar o ponto de cozedura deite o bacalhau e deixe cozer 10 minutos.
3. Retire o bacalhau e abafe-o. Verifique o sal das batatas e hortaliça e rectifique se fizer falta.
4. Prepare o molho, cortando o resto das cebolas em rodelas e estalando-as no azeite.
5. Disponha numa travessa as batatas o bacalhau e a hortaliça. O molho é servido à parte numa molheira.

Serve para 5 pessoas
Tempo de preparaçao: 60 minutos

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

BACALHAU

Bacalhau para os povos de língua portuguesa, Stockfish para os anglo-saxônicos, Torsk para os dinamarqueses, Baccalà para os italianos, Bacalao para os espanhóis, Morue, Cabillaud para os franceses e Codfish para os ingleses.O nome bacalhau, de acordo com o Dicionário Universal da Língua Portuguesa, tem origem no latim baccalaureu.
O Bacalhau é um peixe salgado, seco e naturalmente preparado, conservando todas as propriedades do peixe fresco. É nutritivo, saboroso, de fácil digestão, rico em minerais e vitaminas, lém de ter baixíssimos teores de colesterol e gordura e ser de fácil digestão.
É processado sem nenhum aditivo químico e indicado na maioria das dietas.
Restrição apenas para pessoas que têm hipertensão, pois para estas o bacalhau tem que ser dessalgado ao máximo, até ficar praticamente sem sal.
O valor nutritivo de 1kg de bacalhau equivale a 3,2 Kg de peixe!
Rende mais, podendo alimentar de 6 a 8 pessoas. Permite inúmeras variações na cozinha do dia-a-dia, com receitas práticas que não deixam a rotina do feijão com arroz acabar com seu prazer de comer .
Conteúdo de Nutrientes por 1 kg de bacalhau salgado e seco:
Proteínas .......................... de 365 a 380g
Gordura ............................. 10g
Cálcio ................................ de 3,1 a 4,0g
Ferro .................................. 0,16g
Vitamina B2 ...................... 0,23g
Vitamina B12 .................... 0,04g
Energia/cal ........................ 1600

Fonte: www.bolinhodebacalhau.com.br

"Comer fora". Que escolha?!

COMO CONHECER O TIPO DE REFEIÇÃO QUE NOS ESTÁ SENDO SERVIDA QUANDO COMEMOS FORA?

Em férias ou em trabalho, o hábito de comer fora de casa, passsou a ser para quase todos uma realidade, deveremos entao ter consciencia desse ato.
Qual a finalidade dos serviços de alimentação?
Não é simplesmente oferecer uma comida gostosa, mas também uma comida segura do ponto de vista higiênico-sanitário, ou seja, evitar doenças provocadas pelo consumo de alimentos quando micróbios prejudiciais à saúde, parasitas ou substâncias tóxicas estão presentes no alimento, para que, dessa forma, a refeição servida propicie saúde para quem se alimenta.
As refeições que nos são servidas podem ser classificadas de três formas:
boa, aparentemente boa ou má.
A refeição boa é aquela que proporciona saúde, força e disposição,deve fornecer nutrientes necessários para a nutrição do organismo e deve estar livre de contaminação.
A refeição aparentemente boa é aquela refeição cuja aparência, aroma e sabor parecem bons, mas CUIDADO ela está contaminada e você não sabe! Esta refeição proporcionará mau estar, indisposição e doença, podendo até mesmo causar a morte do indivíduo.
A refeição má é aquela cuja aparência, aroma e sabor mostram que ela está estragada e imprópria ao consumo; geralmente a pessoa percebe e não chega a comê-la. Seus efeitos para a saúde do homem são tão prejudiciais quanto os efeitos da refeição aparentemente boa.

Sendo assim, podem dizer, a refeição aparentemente boa torna-se a mais perigosa!!! Sem dúvida, ela aparentemente, está perfeita mas no entanto, apresenta-se de alguma forma em más condições de utilização. Na prática e a "olho nú" não temos como identificá-la. Entao como podemos ter pistas sobre se aquela refeição é confiável ou não?
Existem alguns itens que podem ser facilmente observáveis ao se comer fora de casa, que são:
* Higiene do Local
* Higiene dos Utensílios (talheres, copos, etc)
* Fardamento dos funcionários e higiene pessoal
* Observar termômetros presentes nos balcões de distribuição da comida nos self-services:
Balcão de Saladas (12°C)
Balcão Quente (65°C)
*Distribuição da comida
Esses são alguns itens práticos, cuja observação deve fazer parte dos hábitos de todos para que façam valer seus direitos de consumidores perante os serviços de alimentação, os quais devem garantir a saúde de sua clientela, servindo-lhe comida de boa qualidade.

sábado, 27 de dezembro de 2008

FELIZ ANO 2009

E pronto lá se vai mais um ano !Desejo a todos vocés, um Ano de 2009 cheio de coisas boas !
3... 2....1.... Ora poissssssssssssssssssssss

Receita de Ano Novo

De: Carlos Drummond de Andrade
Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)
Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumidas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

DIABETICOS

O melhor plano alimentar é aquele que você e o profissional da saúde que te acompanha, sentem-se mais à vontade. A alimentação saudável será sempre o maior objetivo. Assim dedico a voces daqui em diante, algumas receitas que podem, ao vosso gosto incluir na vossa dieta ou na dieta de um paciente portador da Diabetes.

MUFFINS DE BANANA, AVEIA E MEL

Se preferir, pode usar forminhas de papel e colocar numa assadeira sem untar para assar.


CADA MUFFIN CONTÉM:

  • Calorias 190
  • Proteínas 4 g
  • Carboidratos 31 g
  • Fibras 1 g
  • Gordura total 7 g
  • Gordura saturada 4 g
  • Sódio 66 mg

Tempo de preparo: 30 minutos

Rendimento: 12 muffins

Ingredientes

  • 250 g de farinha de trigo
  • 75 g de aveia em flocos
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 1/2 colher (chá) de noz moscada ralada
  • 2 bananas médias amassadas1 ovo batido
  • 75 g de manteiga sem sal derretida
  • 30 g de açúcar mascavo
  • 175 ml de soro de creme de leite
  • 3 colheres (sopa) de mel ralo

Preparaçao
Preaqueça o forno a 200°C. Unte ligeiramente uma assadeira com 12 forminhas de muffins (ou fôrmas grandes de empadas) com óleo e farinha.
Coloque a farinha, a aveia, o fermento e a noz-moscada numa vasilha grande e misture tudo muito bem.
Misture os ingredientes restantes. Use uma colher para incorporar as misturas.
Com uma colher, coloque a mistura nas forminhas. Asse durante 20 minutos até os muffins crescerem e dourarem. Deixe esfriar durante 10 minutos antes de servir.

FILÉ APIMENTADO COM PURÊ DE BATATAS, ERVILHAS E RAIZ FORTE

ESTE É UM PRATO É EXCELENTE PARA UM JANTAR DE COMEMORAÇÃO. TAMBÉM É IDEAL PARA UMA REFEIÇÃO ESPECIAL EM CASA.
INGREDIENTE PRINCIPAL
A batata é um alimento básico em vários países e uma boa fonte de carboidratos e vitamina C.
CADA PORÇÃO CONTÉM:

Calorias 446
Proteínas 41 g
Carboidratos 33 g
Fibras 4 g
Gordura total 17 g
Gordura saturada 9 g
Sódio 165 mg

DICA DE PREPARO

O purê de batatas simples pode ser combinado com vários outros sabores. Tente ervas' frescas picadas, uma especiaria como a noz-mosca da, ou outros ingredientes com aroma forte, como a cebolinha picada.

Tempo de preparo: 25-30 minutos
Rendimento: 4 porções

Ingredientes

2 colheres (sopa) de pimentas variadas amassada4 bifes de filé com cerca de 125 g cada

750 g de batatas em pedaços

150 g de ervilhas frescas ou congeladas

2 colheres (sopa) de molho de raiz forte

30 g de manteigasal e pimenta do reino moída na hora a gosto

1 colher (sopa) de azeite de oliva

PARA DECORAR quadradinhos pequenos de pimentão vermelho ramos de salsinha.
Pressione os grãos de pimenta amassados em ambos os lados de cada filé e reserve.
Para fazer o purê, cozinhe as batatas em água fervente por 12-15 minutos até ficarem macias, acrescentando as ervilhas 2 minutos antes do tempo final de cozimento. Escorra bem. Adicione o molho de raiz-forte, a manteiga e o tempero das batatas e amasse tudo muito bem. Mantenha o purê quente enquanto prepara os filés.
Aqueça o óleo numa frigideira de fundo reforçado. Coloque os filés e frite em fogo alto por 2-3 minutos de cada lado, ou até o ponto desejado.
Divida o purê em quatro porções e pressione cada parte num cortador de biscoito grande para dar forma. Corte o filé em fatias e coloque sobre o purê. Guarneça com os cubinhos de pimentão vermelho e a salsinha e sirva imediatamente.

SALADA GREGA ASSADA

ESTE PRATO, REPLETO DE AROMAS DO MEDITERRÂNEO, PODE SER SERVIDO QUENTE OU FRIO. TENHA PÃO CROCANTE NA MESA NA HORA DE SERVIR
INGREDIENTE PRINCIPAL
O queijo de cabra tem baixo teor de gordura comparado com outros queijos. Entretanto, contém bastante sódio, fato que deve ser lembrado quando for acrescentar mais sal às receitas.

CADA PORÇÃO CONTÉM:
Calorias 308
Proteínas 15 g
Carboidratos 20 g
Fibras 6 g
Gordura total 19 g
Gordura saturada 8 g
Sódio 1076 mg

DICA DE PREPARO

Os legumes deste prato podem ser preparados antecipadamente e guardados na geladeira até a hora de utilizá-los.


Tempo de preparo: 50 minutos
Rendimento: 6 porções
Ingredientes
  • 1 kg de abobrinhas em pedaços grandes
  • 2 cebolas roxas cortadas em meias luas
  • 2 pimentões vermelhos sem o miolo e sem sementes cortados em pedaços grandes
  • 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 2 ramos de tomilho
  • 500 g de tomates em pedaços grandes
  • 200 g de queijo de cabra (ou feta ou queijo fresco) em cubos
  • 60 g de azeitonas pretas
  • 1 colher (sopa) de vinagre balsâmicosal e pimenta do reino moída na hora a gosto

Preparaçao

Preaqueça o forno a 200°C. Espalhe as abobrinhas, as cebolas e os pimentões numa assadeira, salpique o azeite e o tomilho e coloque por cima. Asse durante 25-30 minutos até os legumes ficarem tenros e ligeiramente tostados.
Cubra os legumes com os outros ingredientes e asse por mais 10 minutos. Acrescente tempero, se necessário, e sirva.

NOVO TIPO DE AÇÚCAR PODE CONTROLAR DIABETES

Caiu um dogma!!!!

Não se pode mais dizer que os diabéticos devem ficar longe de qualquer tipo de açúcar. Devem, sim, ficar longe dos açúcares que atravessam rapidamente as paredes do intestino e se acumulam no sangue como a glicose, molécula essencial para qualquer organismo produzir a energia necessária para se manter.
Pesquisadores do Instituto de Botânica de São Paulo e da Universidade Federal de Lavras (UFLA) extraíram do capim-favorito - uma gramínea que cresce à beira de estradas - um tipo específico de açúcar chamado betaglucano, que pode ter um efeito benéfico: diminuir a quantidade de glicose da corrente sangüínea, como demonstraram experimentos realizados com ratos. O excesso de glicose no sangue, uma característica do diabetes, pode levar à dificuldade de cicatrização, à cegueira ou mesmo a problemas cardíacos que, se não detidos, conduzem ao infarto.
Estudos feitos no Canadá, Suíça, França, Suécia e Japão com grupos de voluntários humanos consideram esse açúcar como um recurso a mais para tratar um problema que atinge 150 milhões de pessoas no mundo inteiro, 10 milhões só no Brasil.
Uma equipe de suíços já havia comprovado que o betaglucano, mesmo em concentrações baixas, reduz até 50% a taxa de glicose no sangue.
Além disso, bastariam 3 gramas diários desse açúcar para derrubar também o colesterol ligado a lipoproteínas de baixa densidade (LDL), uma espécie de gordura que promove a formação de placas nas paredes dos vasos e dificulta a circulação do sangue.
Na França, um estudo recente confirmou esses ganhos com 13 portadores de diabetes do tipo 2, quando o organismo não aproveita totalmente a insulina que produz, enquanto no Canadá outro trabalho com 16 diabéticos também do tipo 2 (dez homens e seis mulheres) evidenciou o valor de uma dieta rica em cereais como forma de reduzir a glicemia - provavelmente porque os cereais contêm betaglucano.
Normalmente os diabéticos controlam o teor de açúcar no sangue por meio de dietas severas ou de injeções diárias de insulina, hormônio que facilita a captura de glicose por se associar a um receptor específico das células musculares.
"O valor de nossa descoberta está no fato de termos estudado uma espécie vegetal ainda desconhecida", diz Marcos Buckeridge, pesquisador do Instituto de Botânica e um dos coordenadores desse estudo.
"Notamos também a possibilidade de que a interação do betaglucano com outro açúcar encontrado nas gramíneas, o arabinoxilano, possa ser mais potente do que o betaglucano sozinho."
Segundo ele, ao comermos cereais, estamos ingerindo betaglucanos em interação com arabinoxilanos, "o que poderia potencializar a ação de reter a glicose já durante a dieta, se nossos resultados vierem a se confirmar".
O betaglucano participa da composição de fibras como capins, cana, arroz, trigo e milho ou nos cereais, a exemplo da aveia, da cevada e do centeio, em teores que variam de 1% a 7%. Já o arabinoxilano é um tipo de açúcar mais abundante, variando de 20% a 30%.
Os pesquisadores brasileiros entraram na pista do betaglucano há três anos, quando, em seu doutorado, Ana Cardoso constatou o efeito antidiabético do chá feito com as folhas do capim-favorito, gramínea de origem africana também chamada de capim-natal ou capim-gafanhoto.
Com até 30 centímetros de altura, tem flores púrpura e folhas curtas e avermelhadas, quando estão sob o sol contínuo, ou verdes como as da cana-de-açúcar, mais largas e longas, se crescem à sombra.
Fonte: Revista Pesquisa Fapesp

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

MINHAS RABANADAS

Ora pois... em resposta a uma critica ( bem feita, diga-se ) sobre a receita das rabanadas , aqui vai a minha receita pessoal...eheheh ..mas meus queridos portugueses nao esqueçam que estou no Brasil, e aqui amam um leitinho condensado...eheheheh

Ingredientes
1 Cacete (baguete)para Rabanadas
1 litro de água ( há quem use leite)
2 Paus de Canela 2 Cascas de limão finas
Açúcar (não vou colocar quantidade, pois depende do gosto)
4 ovos
Canela em pó
Óleo para fritar

Preparação
Comece por levar um tacho (panela) ao lume (fogo) com a água ou o leite (o suficiente para molhar o pão todo), a casca de limão, o pau de canela e adoce a seu gosto (tem que ficar bem doce...eheheh).
Deixe ferver e desligue.
Corte o cacete ( baguete ) em fatias (grossura de 2 dedos).
Com ajuda de uma escumadeira molhe bem as fatias de pão, mas não deixe amolecer demais ou elas se desfazem.
Depois passe-as por ovo batido e frite-as em bastante óleo.Retire-as para um prato com papel absorvente.
Passe-as em seguida por açúcar e canela e coloque-as numa travessa.

Quem as provou , amou.... eheheh

Bom apetite !!!

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

RABANADAS

As rabanadas não podem faltar na mesa de Natal ou no café-da-manhã do dia 25.
Esta receita simples com pãozinho amanhecido faz a alegria da galera ou da moçada (dependendo do lugar onde estiver).

Ingredientes
3 pães franceses amanhecidos
2 xícaras (chá) de leite
1/2 lata de leite condensado
3 ovos
1/2 xícara (chá) de óleo para fritar
1/2 xícara (chá) de açúcar
2 colheres (sopa) de canela em pó
Modo de Preparo
1. Corte os pães em fatias médias. Reserve.
2. Numa tigela, coloque o leite e o leite condensado e misture com uma colher. Reserve.
3. Em outra tigela, bata os ovos com um garfo até ficar uma mistura homogênea.
4. Leve uma frigideira com óleo ao fogo para aquecer.
5. Na tigela com o leite, coloque algumas fatias de pão e deixe de molho por 1 minuto. Transfira para uma peneira e escorra o excesso do leite.
6. Passe as fatias pelos ovos batidos e coloque imediatamente na frigideira. Deixe cada lado dourar por 2 minutos. Retire as rabanadas com uma escumadeira e transfira para um prato forrado com papel-toalha. Se o óleo ficar muito sujo, passe-o por uma peneira forrada com papel-toalha.
7. Num prato fundo, misture o açúcar e a canela. Polvilhe as fatias com a mistura. Sirva a seguir

Ceia de Natal

Nao sei se todos sabem, mas para os que desconhecem sou originaria da bela cidade do Porto em Portugal. Assim apesar minha casa seja agora em Curitiba, neste belo Brasil, devo a estes meus queridos amigos Brasileiros mostrar as delicias da minha (nossa) cultura portuguesa.
Ora vamos la entao....
Embora o Natal seja hoje celebrado em todo o mundo, as suas tradições variam de país para país, de religião para religião, conforme os usos e costumes. Para os Cristãos, o Natal significa o nascimento do Menino Jesus, mas quer para eles ou para os outros, esta quadra do ano proporciona a reunião com familiares e amigos à volta da mesa de Natal, partilhando alegremente de uma refeição.
A gastronomia, que igualmente faz parte da cultura de um povo, não podia deixar de ter as suas tradições natalícias e, tanto os ricos como os pobres, tanto os que vivem nas cidades como os que vivem no campo, todos apreciam uma gastronomia especial nesta quadra do ano.
Em Portugal, obviamente que não se podia fugir a esta magia e seguem-se as tradições natalícias herdadas dos nossos antepassados, embora essas tradições por vezes tenham particularidades próprias a cada região do país.

A Consoada da na região de Entre Douro e Minho, sem dúvida que é, a mais expressiva de todas as refeições do Natal português: bacalhau da Consoada, polvo guisado, bolinhos de bacalhau, que são uma delícia acompanhados de esparregado de nabiças, sem falar na profusão de bolos, doces e fritos, tais como aletria doce, mexidos de Natal, sopa dourada, rabanadas, sonhos, filhoses. Mais para o interior, na região a que se chama Trás-os-Montes, Alto Douro e Beiras interiores, a Consoada assemelha-se bastante, contudo as migas lagareiras e o fricassé de aves são normalmente os pratos principais, seguidos da habitual panóplia de doces e fritos: migas doces, pudim de Natal, filhós de Bragança... e tantas outras guloseimas de comer e chorar por mais.
Tanto na Costa Verde como na região das Montanhas as tradições religiosas estão ainda muito arreigadas, pelo que a Consoada tem lugar antes da Missa do Galo.
No Alentejo ceia-se depois da Missa do Galo. Nesta região, não podia faltar na mesa de Natal o porco frito, embora o bacalhau com couves esteja cada vez mais a ganhar terreno. A selecção de sobremesas e bolos é enorme e... muito doce: nógado, azevias, brinhóis, filhós e outros fritos, polvilhados de açúcar e canela ou regados com mel.
No Ribatejo,o peru tem aqui o lugar de destaque, seguindo-se depois bolos podres, broas, e uma variedade enorme de fritos, que nesta zona são mais conhecidos por velhoses ou coscorões.
Os Portugueses sempre gostaram de fritos, quer doces ou salgados e, para onde quer que viajaram, levaram sempre com eles esta tradição, que o Japão adoptou com o nome de "tempura". Os fritos de bacalhau da cozinha crioula das Caraíbas são outro exemplo bem conhecido.
A área metropolitana de Lisboa, que juntamente com a península de Setúbal constitui a chamada Costa Azul, não tem propriamente o que se pode chamar uma Consoada típica tradicional. Mas, também aqui, o bacalhau com batatas e couves se tornou o prato principal, comido não à ceia mas geralmente ao jantar da véspera de Natal, pois a Consoada na área de Lisboa é uma festa bem mais sofisticada, que na maior parte das vezes se assemelha à festa da passagem de Ano.
De Norte a Sul de Portugal nesta quadra festiva, o ar enche-se do aroma da canela vinda de lugares distantes, do perfume do mel das encostas do Douro, e da fragrância das laranjeiras do Algarve...
Nas ilhas atlânticas da Madeira e dos Açores, as tradições natalícias têm igualmente características diferentes, embora sempre dentro do espírito do povo português. Madeira, os preparativos começam já no dia de Nossa Senhora da Conceição. O prato típico é a carne em vinha d'alhos que, como o nome indica, é posta a marinar em vinho e alho e que se faz acompanhar de batatas salteadas e cebolinhas de escabeche. A perna de porco assada no forno e a carne assada são outras especialidades desta quadra do ano. Para sobremesa, o famoso bolo de mel, que geralmente é feito logo no início das festividades a 8 de Dezembro, e o bolo de família, que igualmente é cozido com antecedência, geralmente três semanas antes do Natal.
O bolo de Natal faz parte da tradição dos Açores e, tal como acontece com os dois bolos de Natal da vizinha ilha da Madeira, deve ser feito com antecedência de pelo menos oito dias. Para acompanhar este bolo, nada melhor do que um cálice de licor de tangerina de fabrico caseiro.
Desde o século XIX que um bolo especial tem vindo a conquistar o coração e a mesa de Natal dos Portugueses: o Bolo-Rei. A ideia deste bolo chegou a Lisboa pelas mãos do Sr. Baltazar Castanheiro Júnior, um emigrante português em França, que adaptou a receita ao gosto e preferêcias gastronómicas do povo português. No início, tal como o seu nome indica, o Bolo-Rei era fabricado somente no dia de Reis, pela Confeitaria Nacional em Lisboa, propriedade da família Baltazar Castanheiro, mas em breve o seu fabrico se estendeu ao resto do país e a todo o período do Natal. Este bolo ganhou prestígio e é presentemente um ex-libris da gastronomia portuguesa da quadra natalícia, sendo também fabricado e vendido em países estrangeiros como o Luxemburgo e a França.
Fonte: Dulce Rodrigues


Espero que tenham gostado destas curiosidades portuguesas.
Desejo a todos um santo e feliz Natal, ora pois...

domingo, 21 de dezembro de 2008

DESINTOXICANTES



Bem...todos sabem que fazer uma alimentação inadequada acompanhada do sedentarismo e do estresse pode provocar inúmeros distúrbios no organismo, entre eles, problemas gastrintestinais, que dificultam o processo digestivo. Reverter esse quadro nem sempre é tarefa tão difícil, mas poucos conhecem as alternativas naturais para eliminar as toxinas do corpo. É nessa hora que podem entrar em cena os sucos desintoxicantes, feitos à base de frutas ou vegetais frescos. Os sucos lembram? Já falei deles lá atrás...mas nunca e demais lembrar e junto vos dou umas receitas.
Essas bebidas são excelentes fontes de nutrientes com ação antioxidante, o que promove um sistema imunológico mais ativo e competente, além de ajudar a prevenir doenças e auxiliar na recuperação mais rápida de quem tem algum problema de saúde. Mas claro quanto mais fresca é uma fruta ou hortaliça, mais rica ela será em nutrientes. Não adianta guardar na geladeira depois de pronto para consumir mais tarde. E nada de recorrer aos sucos industrializados, cheios de conservantes e açúcar.
Aos sucos desintoxicantes pode-se acrescentar ingredientes como proteínas (colágeno), fibras, como a aveia, condimentos e especiarias, como, canela, gengibre e orégano, além de energéticos (pó de guaraná e ginseng), dependendo de qual é o problema no organismo.
Apesar da importante função de purificar o sistema digestivo e eliminar do corpo produtos residuais, não é preciso exagerar nas quantidades de sucos ingeridos, um ou dois copos diários cumprem bem a função.Algumas dicas de sucos desintoxicantes e suas funções:

Suco diurético
Melhora a função renal, ajuda a eliminar toxinas e reduz a retenção de líquidos. O aipo é rico em glutationa, uma substância que neutraliza os radicais livres e pode entrar na composição de diversos sucos. A melancia é rica em água, frutose e fibras, além de licopeno que previne o envelhecimento precoce e o câncer de próstata e mama.
  • 1 copo de suco de melancia coado (2 fatias médias)
  • 1 talo de aipo com as folhas

Modo de preparar: bater no liquidificador e tomar imediatamente.

Suco pós-ressaca
Excelente para combater os efeitos adversos do excesso de ingestão de bebidas alcoólicas. Ajuda o fígado a se recuperar e acelerar a eliminação de toxinas que causam a ressaca. O repolho é rico em glutamina, um aminoácido que protege e repara o fígado dos efeitos danosos do álcool. A curcuma possui carotenóides com ação hepatoprotetora.

  • ½ repolho verde de tamanho pequeno
  • 1 limão previamente espremido e sem as sementes
  • 1 talo de aipo com as folhas
  • 1 colher de sopa de folhas frescas de coentro
  • ½ colher de chá de curcuma

Modo de preparar: usar centrífuga ou bater no liquidificador com um pouco de água mineral sem gás e coar. Se quiser um sabor um pouco melhor, use água de coco.

Suco para pele firme
Rico em antioxidantes e bioativos que combatem os radicais livres, retardando o envelhecimento da pele. Turbinam a energia e a disposição

  • ½ limão 1 xíc. (chá) de uva rosada com casca
  • 2 maçãs verdes com casca e sem sementes
  • 1 xíc. (chá) de água mineral Adoçante (opcional)

Modo de preparar: bata todos os ingredientes no liquidificador.

Suco da beleza total
A cenoura e a salsa são fontes de betacaroteno, que, transformado no organismo em vitamina A , estimula o sistema imunológico e atua na recuperação e no brilho da pele. Ainda tem substâncias antiinflamatórias e antienvelhecimento.

  • 2 cenouras cruas picadas
  • ½ maçã com a casca e sem sementes
  • 1 xíc. (chá) de melão cantalupo picado
  • 1 fatia de gengibre sem casca
  • 1 punhado de salsa
  • 1 col. (sobremesa) de linhaça (deixe de molho na água de um dia para o outro)
  • Adoçante (opcional).

Modo de preparar: passe os ingredientes na centrífuga ou no liquidificador. Se preferir, coe.

10 superalimentos para emagrecer

Dieta saudável é sinônimo de variedade no prato como todos sabem.
Vamos incluir nessa seleção alguns alimentos SUPERPODEROSOS quando falamos em combater os quilinhos a mais.
Não, não é história de portuguesa exagerada ou de gibis, ihihihihi.
Essa liga cheia de boas intenções existe mesmo. Mas atenção: esses heróis na luta contra o ponteiro da balança não conseguem nada sozinhos, trata-se de um trabalho de equipe. Não é porque a maçã está na lista que você pode riscar todas as outras frutas do cardápio.
Vamos lá então falar desses heróis:
Arroz integral: típico integrante das refeições dos brasileiros, o arroz tradicional deveria ser substituído de vez pelo integral. Nessa versão, a película que reveste o grão é mantida e, com ela, são preservadas fibras, vitaminas e os minerais desperdiçados quando o arroz é polido. As calorias dos dois tipos são praticamente as mesmas.
Feijão: mais um tradicional participante do prato brasileiro, esse tipo de leguminosa é rico em proteínas livres de gordura saturada, sem preocupações com os níveis de mau colesterol.
Peixes: são fontes de ômega-3, um tipo de gordura importante na composição da membrana celular. Também desempenha um papel relevante na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares. Portanto, conte com as poucas calorias dos peixes para manter o equilíbrio da balança e da saúde.
Granola: trigo e aveia integrais são a base dessa mistura, que torna o café-da-manhã muito mais energético. Os cereais integrais mantêm o sistema de açúcar no sangue equilibrado, prevenindo o desenvolvimento do diabetes. A granola ainda melhora o funcionamento do intestino, previne doenças cardíacas e alguns tipos de cânceres.
Nozes: elas se destacam pelo alto valor nutricional: são ricas em proteínas, gordura insaturada, vitamina E, potássio e fibras. As nozes ajudam não só o emagrecimento, como a manutenção do peso. Só não exagere na dose, pois a ingestão excessiva pode levar ao ganho de peso. Elas rendem um ótimo lanche entre as refeições principais. Uma porção de seis unidades contém 115 calorias. E também vão pesar na sua bolsa!!!
Maçã: 83% da composição dessa fruta é derivada da água, fazendo com que seu valor calórico seja baixo (a unidade tem apenas 60 calorias). A maçã ainda é rica em fibras, vitaminas, minerais e pobre em gorduras. Na hora do consumo, nada de descartar a casca, não esqueça que
talos e cascas rendem receitas incríveis.
Tomate: entre tantos benefícios, o tomate está relacionado à prevenção de cânceres como o de próstata, pulmão e estômago. A melhor forma para usufruir de todas as vantagens do legume é come-lo cozido ou processado. Água: ainda está para existir uma bebida que supere a qualidade da água. Além de despontar como líder no ranking dos hidratantes, ela é capaz de espantar a sensação de fome se consumida regularmente ao longo do dia desde, é claro, que você não pule nenhuma refeição. E o melhor de tudo é que ela não agrega nenhuma caloria à sua dieta.
Chás: são ótimos estimulantes da função renal e ajudam a eliminar as toxinas com seu poder diurético. Durante a perda de peso, o chá favorece a pouca ingestão de alimentos, diminuindo assim, as calorias totais do dia. Cuidado com os chás, dependendo se contem a conhecia cafeína, aí não devem ser ingeridos á noite.
Leite desnatado: ele apresenta uma quantidade de gordura e calorias reduzida, comparando à versão integral, e entra em cena contra a osteoporose, já que é uma excelente fonte de cálcio. Somando suas qualidades, o leite desnatado pode ser considerado um parceiro ideal para ficar de bem com a balança.

6 dicas para comer à noite sem engordar

Existe um montão de dietas divulgadas e sempre fica a grande dúvida de qual delas realmente ajuda a emagrecer. Dieta do tipo sanguíneo, dieta líquida, dieta da proteína, dieta da sopa, entre muitas outras. E uma delas, também bastante conhecida, é a que sugere excluir o carboidrato à noite.
Para diferenciar os mitos envolvidos neste tipo de regime, das informações realmente verdadeiras, aqui estão 6 dicas para emagrecer, controlando os alimentos da última refeição do dia.
Ora pois...
1. Personalize a dieta
Em primeiro lugar não se deve esquecer que cada um de nós é um ser único, com necessidades, vida e exigências diferentes e assim deveremos ser tratados. Por isso é importante ter acompanhamento de um especialista para que ele indique a melhor opção.
Ao falar "à noite", muita coisa pode variar. Uma pessoa que dorme à meia-noite merece uma dieta diferenciada de outra que vai para a cama às 21 horas. A pessoa que dorme depois da meia-noite, se jantou às 19 horas, não tem problemas se tiver comido carboidrato.
2. Diminua as calorias ingeridas à noite
O sugerido quando se quer perder peso, é diminuir a ingestão calórica à noite, por isso, de nada adianta cortar o arroz e o pão e substituir por sorvetes, frituras ou qualquer outro alimento tão calórico quanto o carboidrato.
3. Faça substituições
Se você e sua nutricionista chegarem à conclusão de que retirar o carboidrato da última refeição vai beneficiar, sua opção é comer algumas coisas que também vão oferecer nutrientes importantes. Não esqueçam que o carboidrato pode ser substituído por lentilha, ervilha, grão de bico, legumes e verduras. Posso sugerir sugere 1 iogurte desnatado ou 1 copo de leite semidesnatado, ou 2 fatias de queijo branco, ao invés dos pães, massas e arroz.
4. Dê preferência aos alimentos integrais
Pode substituir, por exemplo, o pão francês por alimentos integrais, pois é uma excelente alternativa para quem quer controlar o peso. Eles possuem uma maior quantidade de fibras, o que favorece a saciedade e, conseqüentemente, come-se menos.
5. Não durma com fome
Caso tenha a idéia que quanto menos comer à noite melhor, pode mudar a sua idéia e rotina. Pois dormir com fome é mais prejudicial do que ingerir um alimento leve que lhe deixe satisfeita, pois com o sono prejudicado, toda a função do metabolismo estará comprometida
6. Atividade física muda tudo
Se seu habito é jantar e depois ir à academia, não esqueça que precisa comer carboidrato nesta refeição.Ele é muito importante para os exercícios, já que eles vão oferecer a energia que o corpo precisa na atividade física. Por mais estranho que pareça, quem não pratica exercícios também precisa de carboidratos, pois eles fazem parte do aumento de massa muscular. Uma pessoa que corta o carboidrato da alimentação e não pratica atividade física, tem mais chances de ficar flácida, pela diminuição da musculatura. Deve antes de iniciar qualquer atividade consultar seu medico assistente.

sábado, 20 de dezembro de 2008

Cocaína e ópio...

Uma amiga me mandou este material, beijinhos Neuzinha! Achei tao interessante que embora nao seja totalmente da área da nutriçao, digamos que estara lá perto, ora pois...........
Olhai 100 anos para trás e... PASMAI!!!

"Remedinhos" de nossos avós ...
Heroína da Bayer :
Um frasco de heroína da Bayer. Entre 1890 a 1910 a heroína era divulgada como um substituto não viciante da morfina e remédio contra tosse para crianças.
Vinho de coca:
O vinho de coca da Metcalf era um de uma grande quantidade de vinhos que continham coca disponíveis no mercado. Todos afirmavam que tinham efeitos medicinais, mas indubitavelmente eram consumidos pelo seu valor "recreador" também.
Vinho Mariani :


O Vinho Mariani (1865) era o principal vinho de coca do seu tempo. O Papa Leão XIII carregava um frasco de Vinho Mariani consigo e premiou seu criador, Angelo Mariani, com uma medalha de ouro.
Maltine :

Esse vinho de coca foi feito pela Maltine Manufacturing Company de Nova York. A dosagem indicada diz: "Uma taça cheia junto com, ou imediatamente após, as refeições. Crianças em proporção."
Peso de papel :

Um peso de papel promocional da C.F. Boehringer & Soehne (Mannheim, Alemanha), "os maiores fabricantes do mundo de quinino e cocaína". Este fabricante tinha orgulho em sua posição de líder no mercado de cocaína.
Glico-Heroína :


Propaganda de heroína da Martin H. Smith Company, de Nova York. A heroína era amplamente usada não apenas como analgésico, mas também como remédio contra asma, tosse e pneumonia. Misturar heroína com glicerina (e comumente açúcar e temperos) tornada o opiáceo amargo mais palatável para a ingestão oral.

Ópio para asma :


Esse National Vaporizer Vapor-OL era indicado "Para asma e outras afecções espasmódicas". O líquido volátil era colocado em uma panela e aquecido por um lampião de querosene.

Tablete de cocaína (1900)


Estes tabletes de cocaína eram "indispensáveis para cantores, professores e oradores". Eles também aquietavam dor de garganta e davam um efeito "animador" para que estes profissionais atingissem o máximo de sua performance.

"Drops de Cocaína para Dor de Dente – Cura instantânea" :


Dropes de cocaína para dor de dente (1885) eram populares para crianças. Não apenas acabava com a dor, mas também melhorava o "humor" dos usuários.

Ópio para bebês recém-nascidos :


Você acha que a nossa vida moderna é confortável? Antigamente para aquietar bebês recém-nascidos não era necessário um grande esforço dos pais, mas sim, ópio.. Esse frasco de paregórico (sedativo) da Stickney and Poor era uma mistura de ópio de álcool que era distribuída do mesmo modo que os temperos pelos quais a empresa era conhecida.
"Dose – [Para crianças com] cinco dias, 3 gotas. Duas semanas, 8 gotas. Cinco anos, 25 gotas. Adultos, uma colher cheia."
O produto era muito potente, e continha 46% de álcool.






sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

PÍLULA ANTIBARRIGA É SUSPENSA NO PAÍS

Recentemente suspenso no Brasil por recomendação da Agência Européia de Medicamentos (Emea), o medicamento rimonabanto, comercializado sob o nome de Acomplia, era considerado pelo fabricante uma das maiores promessas da indústria farmacêutica no combate à obesidade. A partir de agora, o princípio ativo não pode mais ser importado, distribuído ou comercializado. Também foi determinado o recolhimento do medicamento em farmácias de todo o país.
Distribuído na Europa, desde 2006, o medicamento, popularmente conhecido como a ‘pílula antibarriga’, chegou ao Brasil em abril de 2008, época em que já estava suspenso nos Estados Unidos. Mesmo sob a alegação do fabricante de que a droga auxilia na redução de peso e melhora os níveis de gordura no sangue, em junho de 2007 o FDA (Food and Drugs Administration) - agência norte-americana que regula alimentos e fármacos vetou o medicamento. O órgão solicitou, à época, mais estudos sobre os efeitos colaterais, especialmente distúrbios psiquiátricos e risco de suicídio.
E são justamente estes efeitos, que parecem não compensar os benefícios, os principais motivos da suspensão. Estudos demonstraram que pacientes que utilizaram o medicamento tiveram aproximadamente o dobro de risco de desenvolver problemas psiquiátricos, como ansiedade e depressão, comparados àqueles que não utilizaram o produto. Outro agravante é que, embora haja a informação de contra-indicação a pacientes com problemas psiquiátricos expressa na bula, a recomendação não vem sendo seguida, aumentando o risco de problemas graves.
De acordo com a agência européia, um dos fatores que diferencia a efetividade do Acomplia na prática clínica ter sido mais limitada do que demonstravam os estudos, foi que até então os pacientes avaliados somente tomaram a medicação por curtos períodos de tempo.
Mais informações ...
Diante da recomendação da agência européia, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) disponibilizou em seu site um informe orientando médicos e demais profissionais de saúde envolvidos no tratamento da obesidade a notificarem a Anvisa sobre todos os possíveis casos de reações adversas causadas pelo medicamento, por meio do Notivisa. Além de interromper novas indicações do remédio a pacientes, a orientação é que os médicos revejam o tratamento daqueles já fazem uso do mesmo.

fonte: Nutritotal

O OVO !!

O ovo é nutritivo, fornece as proteínas mais completas de todos os alimentos, juntamente com gorduras, vitaminas e minerais. Contribui de forma significativa para cobrir as necessidades nutritivas de crianças pequenas e adolescentes durante a sua fase de crescimento. De fácil digestão, não produz ácido úrico, no entanto também há alguns inconvenientes deste alimento: deficiência em alguns nutrientes, pois contém uma quantidade muito escassa ou nenhuma de hidratos de carbono, fibra e vitamina C. As proteína da clara (principalmente ovomucóide e a albumina), são causadoras da maior parte dos numerosos casos de alergia ao ovo, mas desencadeiam menos reacções alérgicas, e toleram-se melhor quando são submetidos a uma cozedura suficiente (bem duros). No caso de alergia a este alimento, o tratamento obriga a excluir totalmente da dieta o ovo, seus derivados ou componentes e todos os alimentos que os contenham como ingrediente. Devemos tambem ter cuidado quanto a contaminação bacteriana e química. O ovo quando é expulso, entra em contacto com as fezes da galinha, que contém inúmeros gérmenes entre os quais as salmonellas, por outro lado os ovos podem conter restos de metais pesados de pesticidas e/ou de antibióticos administrados às galinhas. Colesterol e Arterosclerose. sao tambem ricos em sódio, assim daí deverem ser consumidos com prudência em caso de hipertensão arterial

Maneiras de reconhecimento do ovo fresco !!

  1. Pela casca: novo casca porosa e seca, Velho: casca lisa , fina, brilhante com linhas cinzas.
  2. Por imersão: colocar o ovo em um copo com água: novo vai para o fundo do copo, Velho fica boiando na água, devido a câmera de ar aumentada.
  3. Partindo-o numa superfície plana parte-se o ovo, verificar se a gema está centralizada e se a clara e a gema estão firmes.
  4. Sacode-o caso faça barulho estará velho (devido ao aumento da câmera de ar).

OVO ruim ou bom ?

O ovo, tido no passado remoto como um alimento de excepcionais propriedades nutricionais, foi, no passado recente, acusado, julgado e condenado, baseado em associações inconsistentes, indícios fracos e suposições. Não havia evidências nem provas. Sua pena foi o banimento da dieta, a fim de não ameaçar a saúde da humanidade. Hoje, o ovo tem recuperado grande parte do seu prestígio junto à comunidade científica.
Durante os últimos 40 anos, o ovo tornou-se o símbolo de colesterol alto e da má alimentação. Em todo o mundo, tem sido difundida a idéia de que a ingestão regular de ovos é a principal responsável pela elevação do colesterol no sangue, e o conseqüente aumento no risco de doença cardiovascular. Mas este mito começou a se desfazer há dez anos, aproximadamente, quando a análise em conjunto dos resultados de vários novos estudos sobre a relação dieta/colesterol apontavam para uma nova realidade.que demonstra que o colesterol ingerido na dieta contribui muito pouco para aumentar o risco cardíaco, mais do que isto mostra uma relação muito pequena entre a quantidade de colesterol ingerido e a concentração sangüínea de colesterol (100 mg de redução de colesterol da dieta por dia corresponde a uma queda do colesterol sangüíneo total de 1%).
Então, o que estava errado que levou médicos e cientistas a aconselharem, durante décadas, que as pessoas restringissem a ingestão de alimentos ricos em colesterol, principalmente ovos ?
Não houve propriamente um erro, o problema reside na limitação dos métodos de análise. Nos estudos mais antigos sobre colesterol e doença cardíaca, as dietas não eram ricas somente em colesterol, mas também em gorduras em geral, em gorduras saturadas, e em produtos de origem animal. Associado a isso, essas dietas eram pobres em frutas, vegetais e grãos, fatores que sabidamente influenciam nos níveis de colesterol circulante e no risco cardíaco, beneficiando-os.
A Associação Americana do Coração já não tem mais incluído nos seus guias de normas mais recentes a recomendação de limitar o consumo de ovos. Nesta nova posição, suas velhas qualidades (alto teor de proteínas, vitaminas e sais minerais) voltam a ser exaltadas, e novas estão sendo descobertas (quantidades significativas de carotenóides e colina). Com isso, o ovo está sendo guindado à seleta categoria de alimento funcional.

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

OMELETE LIGHT

INGREDIENTES
● 2 claras
● 1 gema
● 1/2 tomate picado
● 1/4 de cebola ralada
● 1 pitada de salsa
● 1 colher (café) de margarina light
● 1 fatia média de queijo branco magro ou prato light
● sal a gosto
MODO DE FAZER
Bata os ovos, acrescente o queijo, o tomate, a cebola, o sal e a salsa. Unte com a margarina em uma frigideira antiaderente e despeje a mistura. Quando começar a desgrudar do fundo da frigideira, vire-o com a ajuda de um prato e espere assar. Sirva em seguida.

Calorias por porção: 110Kcal
Tempo de preparo: 10 minutos
Rendimento: 1 porção

Dez mitos relacionados à nutrição !!

Conselhos que não devem ser levados a sério quando o assunto é alimentação. Confira os mitos que você já acreditou e deixe essas encanações de lado, ora pois....
1. "Diabetes tipo 2 pode ser prevenido ingerindo alimentos de baixo índice glicêmico."
Altos níveis de glicose não são o que “causa” diabetes. A doença é causada pela resistência do corpo à insulina. Alimentos com alto índice glicêmico podem causar picos no nível de glicose, mas isso é apenas um indicador da presença de diabetes, não a raiz do problema.
2. "Comer imediatamente após o trabalho muscular irá impulsionar a recuperação."
Atletas de resistência (endurance) precisam ingerir carboidratos imediatamente após o exercício para repor os níveis de glicogênio, e uma pequena quantidade de proteína para acentuar essa reposição. Isso pode ser feito bebendo um achocolatado desnatado ou um isotônico. A proteína nesse momento não irá ajudar a construir músculos, então, para atletas de força (trabalho anaeróbico), não é preciso comer imediatamente após seu treinamento.
3. "Pessoas com síndrome do intestino irritável devem evitar comer fibras."
Há dois tipos de fibras, solúveis e insolúveis. Apenas esta última pode ser fonte de problemas. As fibras solúveis, no entanto, encontradas na maioria dos grãos, são absorvidas mais facilmente pelo corpo e podem ajudar as pessoas com a síndrome a prevenir constipações.
4." Ingerir porções extras de proteína é necessário para ganhar massa muscular."
A menos que o corredor faça um treino significativo com peso, a proteína extra não terá nenhum efeito. Mesmo uma exigência maior do nutriente em função do treino pode ser suprida facilmente pela alimentação.
5. "Suplementos vitamínicos são necessários para todo mundo."
Com uma alimentação variada em frutas, vegetais e grãos integrais, quantidades moderadas de proteína magra e quantidade adequada de calorias, não há por que tomar suplementação. Os suplementos vitamínicos são recomendados para gestantes e pessoas com distúrbios nutricionais.
6. "Evitar álcool."
Moderação é a chave. Todo álcool é um anticoagulante, e o vinho tinto contém antioxidantes benéficos para a saúde.
7. "Comer ovos elevará o colesterol."
O mito surgiu porque a gema tem a maior concentração de colesterol do que qualquer outro alimento. Porém, não é suficiente para colocar a saúde em risco se houver moderação no consumo. Estudos sugerem que um ovo por dia não elevará o colesterol e será uma grande fonte de nutrientes.
8. "Grãos marrons são de produtos integrais."
Corantes e aditivos marrons podem dar aos alimentos a aparência de serem integrais. Ler os rótulos é boa dica para se certificar. Ingerir cerca de 90 g por dia de grãos ajuda a reduzir o risco de doenças do coração e diabetes.
9. "Beber oito copos de água por dia."
É preciso repor o líquido perdido a cada dia, durante a respiração, a excreção e no suor, mas isso não significa beber dois litros de água diariamente. É difícil medir a quantidade exata de água ingerida em bebidas e na alimentação. Um indicativo é a urina, se estiver amarelo escuro, beba mais água.
10. "Comer carboidrato engorda."
Cortar os carboidratos da dieta pode ter um benefício de redução de peso no curto prazo, devido à perda de líquido; mas comer carboidrato com moderação não ocasiona um ganho de peso diretamente. O corpo usa carboidrato como fonte de energia e um período sem ele pode causar cansaço e letargia.

Suplementação Nutricional ?

Estão na moda os suplementos nutricionais, mas afinal o que são? Para que servem?

Os suplementos alimentares são concentrados de substâncias nutritivas destinadas a completar a alimentação regular, eles permitem oferecer ao organismo os componentes vegetais, oligoelementos, minerais e vitaminas benéficas para o equilíbrio do corpo que devido à vida moderna e ativa são difíceis de se garantir. Assim não devem ser usados como substituto de uma dieta saudável, pois podem causar um desequilíbrio ocasionando toxicidade ao organismo. Muitos problemas associados com altas doses de um único nutriente pode refletir interações que resultam em deficiência relativa de outro nutriente. Por exemplo, altas doses de Vitamina E pode interferir na ação da vitamina K e aumentar o efeito de drogas anticoagulantes, o que pode causar hemorragia. Altas doses de cálcio inibe a absorção de ferro e, possivelmente, outros elementos traços (minerais). Ácido fólico pode mascarar sinais hematológicos da deficiência da vitamina B12, que se não for tratada, pode resultar em danos neurológicos irreversíveis. Ácido fólico também pode interagir adversamente com medicações anticonvulsivantes. Suplementação com Zinco pode reduzir o Cobre, prejudicar as respostas imunes e diminuir os níveis de HDL (colesterol bom).
A toxicidade causada pelo desequilíbrio dos nutrientes é menos provável acontecer quando os nutrientes derivam dos alimentos. A maioria das toxicidades por nutrientes ocorrem devido à suplementação. Muitas vezes as doses ingeridas ultrapassam 25 a 50 vezes o recomendado para as vitaminas C e E, por exemplo. A toxicidade de altas doses de nutrientes como Vitamina A, B6 e D; niacina, ferro, e selênio são bem estabelecidas, ou seja, doses extremamente altas desses nutrientes podem levar a problemas de saúde em vez de trazer benefícios.
Comer uma variedade de alimentos é a melhor saída para se obter nutrientes essenciais. Quando necessária a suplementação é necessario ter atenção e consciência ao se escolher os suplementos que se pretende pois apesar de algumas vezes não possuírem contra indicações pode não ser indicados em determinados casos, e apesar de ser natural existem doses e períodos aconselhados para a sua toma e recomenda-se que se utilizem suplementos com baixos níveis de nutrientes os quais não devem ultrapassem as RDA (Doses Diárias Recomendadas), visto que tais pessoas também recebem nutrientes provenientes dos alimentos.

O conselho e acompanhamento profissional é imprescindível na escolha dos suplementos mais indicados, para que eles tenham os resultados pretendidos, sem isso acaba-se por gastar tempo, expectativa e dinheiro sem concretizar resultados ou prejudicar a própria saúde.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

TEMPEROS DA VIDA

Você pensa que os temperos só servem para dar um sabor melhor a sua comida?
Ora pois....tenho uma ótima notícia para você, os condimentos que utilizamos no nosso dia a dia são ótimos ingredientes para ativar a digestão e prevenir doenças, principalmente do estômago. Salsa, manjericão, alecrim, orégano, pimenta e cominho são ricos em vitaminas e minerais antioxidantes.
A culinária Brasileira é uma das mais bem temperadas, adora um tempero e isso não é segredo para ninguém. Deve-se entao manter esse hábito vivo a saúde vai agradecer!
Como definição, as especiarias são temperos (condimentos) usados na culinária para proporcionar sabores diferentes nas comidas. Algumas especiarias também eram, e ainda são, utilizadas na fabricação de cosméticos, óleos e medicamentos. As principais são: pimenta, gengibre, cravo, canela, noz moscada, açafrão, cardamo e ervas aromáticas.
Na época das Grandes Navegações e Descobrimentos Marítimos (séculos XV e XVI) eram muito valorizadas na Europa, pois não podiam ser cultivadas neste continente em função do clima. O surgimento e crescimento da burguesia também aumentou a demanda por produtos considerados de luxo na época, como, por exemplo, as especiarias.


No século XV, os comerciantes de Gênova e Veneza, cidades italianas, tinham o monopólio destas especiarias. Compravam no Oriente, principalmente na Índia e China, e vendiam com alta porcentagem de lucro no mercado europeu. Estas especiarias eram levadas para Europa através da rota do Mar Mediterrâneo, dominada pelos comerciantes italianos.
No século XVI, os portugueses descobriram uma rota alternativa para chegar ao oriente, através da navegação pela costa africana. Passaram a comprar as especiarias diretamente na fonte e tiraram o monopólio dos italianos. As caravelas portuguesas chegavam à Europa carregadas de especiarias, que eram vendidas com alta taxa de lucro. Portugal se tornou uma potência econômica da época.
ANIS : Utilizada para fazer confeitarias (balas, doces e bolos), usada na fabricação de licores e xaropes. Utilizado também para aromatizar o patis francês, o ouzo grego e o áraque do Oriente Médio, bebidas típicas, normalmente degustadas com água e gelo; erva-doce, pimpinela. Erva da família das umbelíferas (Pimpinella anisum). Originária do Egito, a qual fornece a essência de anis. A essência é extraída das sementes.
ALCAPARRA: seus botões são utilizados na preparação de molhos e temperos.
Atua como estimulante estomacal. Alerta: como são conservados em sódio, os hipertensos devem usar o ingrediente como moderação;
AÇAFRÃO:.Utilizado em sopas de verduras, arroz, peixes e brioches doces, Potente afrodisíaco;
ALECRIM: Realça o sabor de aves e carne de carneiro.
É um bom ajudante no controle da pressão alta. Seu óleo é eficaz para dores musculares e seu chá alivia dores de cabeça;
ALFAVACA: Bom para temperos de sopas e molhos.
Possui propriedades digestivas, antiflatulenta, anticatarrais e antiasmática. Também é benéfica para problemas urinários;
CANELA: Alivia inchaços e gases. Bom para ser usado com bananas, maçãs assadas, entre outros;
CEBOLINHA: Realça o sabor de batatas, sopas e cozidos e tem propriedades de baixar a pressão sangüínea;
CEROFILO: Ideal para peixes e possui propriedade antihipertensiva;
COENTRO: O seu sabor forte realça os pratos de vegetais;
COMINHO: Especiaria picante. Combina bem com pimentas e é bom no preparo de tahine (pasta de gergelim). Combinado com pimentas, pode auxiliar na perda de peso, por aumentar o gasto energético basal;, molhos e aves. Tem propriedade de aliviar problemas digestivos;
CONFREI: Nativa da Rússia, seu chá é indicado como analgésico, anti-séptico e antiasmático. Também possui propriedade anticâncer, devido ao antioxidante alantoina;
DENTE DE LEÃO: Suas raízes e folhas têm bastante vitamina C. Tem efeito diurético, laxativo e depurativo, purificando o sangue;
ERVA DOCE: Ideal para massa de pães e, quando em chá, tem efeito calmante, diurético, antiasmático e digestivo. Se tomado na fase da amamentação; pode estimular o aumento da produção de leite;
GENGIBRE: Bastante popular em sobremesas e refrigerantes. É utilizado contra enjôos.
HORTELÂ: Suas folhas realçam o sabor de peixes, carne moída e carneiro. Também fica muito bom com frutas e sorvetes. Auxilia na digestão e acalma os brônquios se passada nas costas e peito das crincas. Além disso, suas folhas quando mascadas aliviam e refrescam o hálito;
LOURO: Bom para sopas, cozidos e feijão. Tem propriedade de aliviar os gases digestivos;
MANJERICÂO: base de diversos pratos. É diurético, digestivo, fortificante e antigripal.
MOSTARDA: Combina com frango e carne bovina. É aliado no alívio de dores e congestão;
ORÉGANO: Bom para saladas e pratos que contenham tomates. Suas folhas são digestivas e descongestionantes;
PIMENTA: É usada para condimentar vários pratos quentes do Brasil e México. A capsaicina, óleo volátil que dá o ardor às pimentas, é usada como analgésico. Melhoram o humor, por estimular a produção de endorfinas, substâncias responsáveis pela sensação de bem-estar;
PIMENTA DO REINO, PRETA OU BRANCA: Excelente no preparo de sopas carnes e aves. Base de diversos pratos como pizza, sanduíches… Aspirar seu pó previne os desmaios.
PIMENTA CALABRESA: Conhecido na Itália com “peperoncino” apresenta múltiplas aplicações.Pode ser comercializada na forma inteira seca ou em flocos. Muito utilizado em espaguete ao alho, óleo e peperoncino.
SALSA: Quando consumida em porções de 30g, são ricas e boas fontes de Vitamina C. Possui grande quantidade de bioflavonóides e monoterpenos, substâncias anticancerígenas e diuréticas;
SALVIA: Bom para pratos de aves, carne de porco e pães. Seu chá é usado como digestivo e como líquido para bochechos e gargarejos, agindo contra gengivites, aftas e inflamações na garganta;
TOMILHO: É uma das ervas favoritas na culinária italiana. Seu chá é bom para aliviar distúrbios intestinais e em gargarejos contra inflamações da garganta, bem como em xaropes para tratamentos de tosses e congestões respiratórias.

AFRODISIACOS ?!

Alimentos afrodisíacos realmente existem? Seus efeitos são comprovados?
Será que existem realmente alimentos que tenham o poder de despertar estímulos sexuais?

Na realidade, não existe nenhuma comprovação científica a respeito desta teoria. O que se sabe é que alguns alimentos possuem nutrientes que auxiliam no bom desempenho sexual ou que, devido ao seu aroma, podem despertar o poder da imaginação.
No entanto, como não há nada a se perder, talvez consumir alguns alimentos e fazer um bom uso da sua imaginação, possa ter como resultado um bom desempenho sexual neste dia tão especial.
Alguns alimentos tradicionalmente considerados como afrodisíacos:
ALHO: afrodisíaco conhecido entre os egípcios, gregos, romanos, chineses e japoneses. Acredita-se que suas propriedades estimulantes funcionem melhor para homens e mulheres na andropausa e menopausa. Isto por conter compostos relacionados com hormônios sexuais,cuidado com o halito.
AMENDOIM: por ser rico em vitamina B3, contribui para vasodilatação sanguínea, aumentando a libido.
BEBIDA ALCOÓLICA: se consumida com moderação, poderá despertar a libido; porém, se consumida em excesso, pode causar impotência.
CHOCOLATE: possui propriedades estimulantes, liberando endorfina, que propicia uma sensação de bem estar.Em forma de cacau puro, a iguaria tem uma substância chamada flavonóide, capaz de aumentar os níveis de óxido nítrico em nosso organismo, que, por sua vez, dilata as artérias e tem efeito especialmente para pessoas acima de 50 anos. Os flavonóides estão presentes em outros alimentos, como o vinho, o chá preto e o suco de uva concentrado, indica o especialista.
CEBOLA: seu poder afrodisíaco é conhecido desde a antiguidade.Citado pelos hindus, em textos sobre sexo, também era utilizado por romanos, gregos e árabes. No Egito, os sacerdotes em celibato eram proibidos de comer cebolas, por causa de seu possível efeito. Já na França, era servida uma sopa de cebola aos recém-casados na manhã seguinte a noite de núpcias para restaurar a libido.MEL: Conhecido como o néctar de Afrodite, ou seja, um manjar dos deuses. Era muito difundido na Grécia, participando de celebrações de casamento, pois acreditava-se que assim sairiam apenas palavras doces de sua boca. É daí que vem a lua-de-mel. Além do conteúdo histórico, há no mel, vitaminas B e C, bem como estimulante da produção de hormônios sexuais.
FRUTOS DO MAR: principalmente as ostras, que são ricas em zinco, mineral que contribui para a formação de testosterona, hormônio masculino.
ÔMEGA 3: Salmão e nozes são alguns dos alimentos que contêm o ácido graxo docosahexaenóico (DHA), uma substância que faz as artérias produzirem mais óxido nítrico e potencializa os orgasmos.
PIMENTA, PIMENTÕES, CURRY E OUTROS ALIMENTOS PICANTES: foram vistos como afrodisíacos porque seus efeitos fisiológicos - freqüência cardíaca elevada e sudorese - são similares às reações físicas experimentadas durante o sexo.
OVO DE CODORNA: possui grande valor energético, além de ferro, vitaminas B1 e B2 e cálcio, porém não tem nenhuma propriedade que possa estimular o desempenho sexual.
SUCO DE UVA: Os polifenóis, que tem propriedades antioxidantes, presentes no suco feito com o tipo de uva Concord, estimulam as células endoteliais a liberar óxido nítrico, que ajuda não apenas a prevenir doenças cardiovasculares, mas a manter a saúde dos vasos sangüíneos e o equilíbrio da pressão arterial.
TRIBULUS TERRETRIS: Segundo o médico, estudos mostram que a erva natural pode ter efeito benéfico para homens e mulheres com queda de libido. Ela aumentaria a produção de hormônios luteinizantes (que regulam a secreção da progesterona na mulher, entre outras funções, e aumenta a produção de testosterona) provocando efeito afrodisíaco. Pode ser usada em tratamentos para infertilidade feminina, impotência e baixa de libido.
Salmão, chocolate, suco de uva, nozes: é grande a lista de alimentos que fazem bem à saúde e ao relacionamento. Isso porque ingredientes que parecem inocentes à primeira vista podem provocar uma ação poderosa no organismo, contribuindo para o aumento do desejo e das sensações de prazer, por conta do crescimento do fluxo sangüíneo nas regiões sexuais. Outros alimentos como catuaba, cacau e ginseng possuem uma substância chamada feniletilamina que é responsável pela sensação de prazer.

O mais importante para que um prato se torne afrodisíaco é que tenha uma boa aparência, aroma fascinante e sabor agradável, estimulando os cinco sentidos para que a sua imaginação crie um clima todo especial.
Alimentando-se adequadamente, você estará consumindo todos os nutrientes importantes não só para um bom desempenho sexual, mas para uma vida saudável, podendo desfrutar de todos os prazeres da vida, mas nao esqueça ...

“O único afrodisíaco verdadeiramente infalível é o amor”